Face for Green, a cara pintada de verde por Festivais mais limpos

A menos de uma semana de um dos maiores festivais de Verão, a Sociedade Ponto Verde lança o movimento Face for Green, um movimento contagiante para habitar nos festivais uma atitude mais sustentável. Desde que me lembro que reciclo tudo e quando me transporto pela Miss Atlântica pelas ruas de Lisboa, penso na rapidez das deslocações, na alegria contagiante que me inunda mas acima de tudo na não poluição da cidade.

A causa é nobre e muito importante porque os festivais inunda-se de boas vibrações sim, mas a factura de alguma sujidade por parte dos festivaleiros faz-se notar. O OutJazz sabe bem do que falo. Por isso, está a ser criado um movimento que vai ser a cara da mudança que queremos ver nos festivais. Um movimento que pede uma atitude mais sustentável e que é dinamizado pela Sociedade Ponto Verde, uma sociedade sem fins lucrativos responsável por contribuir para um ambiente melhor em Portugal.

Como surge o movimento?

Todos os anos Portugal recebe centenas de artistas em mais de 150 festivais espalhados pelo País. Com todas as coisas boas que os festivais nos dão, muitas vezes é esquecido o impacto ambiental que causam, como o lixo produzido, mas também as emissões de dióxido de carbono de trazer os artistas até cá e pela produção de grandes quantidades de energia para alimentar sistema de som e luzes.

Este ano, o objetivo é que seja dado o primeiro passo de algo diferente, para que possa haver uma mudança da parte da organização dos festivais. Milhares de pessoas vão ser convidadas a apoiar esta causa e a pintar a cara de verde nos festivais e nas redes sociais, partilhando as suas fotos através do Hashtag #faceforgreen.

A ideia é que este movimento – que vai arrancar com o Rock in Rio – se torne viral. O mesmo será dinamizado pela Sociedade Ponto Verde, uma sociedade sem fins lucrativos que trata da gestão das embalagens usadas em Portugal e que tem sido responsável por mudar a consciência ambiental dos portugueses em torno das questões ambientais.

Desafios a ter em conta para Festivais mais Verdes

  • Reduzir o consumo de energia e aumentar a utilização de fontes de energia renováveis
  • Reutilizar os materiais das estruturas dos Festivais
  • Utilização de materiais recicláveis
  • Promover a reutilização de materiais dentro dos Festivais, combatendo o desperdício
  • Aumentar a percentagem de reciclagem e utilização de lixo orgânico para compostagem
  • Promover a utilização do transporte público, utilização de bicicleta e car-sharing para reduzir as emissões de CO2
  • Reduzir a pegada carbónica do Festival, compensando o que não puder ser evitado
  • Promover a sustentabilidade social: integração de minorias e de pessoas com necessidades especiais. Criação de mais espaços para pessoas com mobilidade reduzida.

Racional Face for Green A Cidadenaponta dos dedos de Sancha Trindade 1

Para explotar basta entrar no site da campanha – www.faceforgreen.com –  e ainda fazer upload de uma foto com a cara pintada de verde, numa aplicação dinâmica que existe dentro do site (link ‘pinta a tua cara’ depois do video). Uma causa a aderir, divertida mas urgente para contagiar tantas mentalidades longe ainda do que é melhor para as nossas cidades e para o nosso planeta.