Emmy Curl 4

Descobri a Emmy Curl em 2011 com  a sua versão dos Cayman Island dos Kings of Convenience. Nascida nos anos 90 em Trás os Montes e com uma voz que me parece longe daqui, na altura disse que “esta miúda ia longe” e mesmo num processo que se move lento, conhececia ao vivo em 2012, no terraço do The Decadente, na estreia dos concertos do Páteo Super Bock Super Rock.

Com apenas 22 anos, esta miúda meio ninfa, meio fada, com movimento que não parece deste planeta transpira uma enorme humildade. As suas linhas cosem-se ligadas à sua essência, que nunca desistiu dos seus sonhos. E atrevo-me a escrever que o seu raro talento, encaixa bem, com a melhor parte da transformação humana, que hoje se vive em Portugal. Espero mesmo que o mundo repare nela, não apenas porque tem uma voz excepcional, mas porque é um talento português com muito mérito no percurso da sua vida.

Deixo-vos em baixo a voz da Emmy Curl e uma campanha que merece a nossa atenção. Mais aqui e aqui.

Emmy Curl 2Emmy CurlEmmy Curl 5