A Burel renasce no Chiado para conquistar o mundo

Dos mais puros saberes da Serra da Estrela, o Burel que estava na Rua Nova do Almada, abriu no Sábado passado na Rua Serpa Pinto, ao lado da Tartine. Eu estive lá e fico consolada quando testemunho a estoicidade de levar ao mundo um projeto tão elevadamente como a Burel Factory.

É de uma casa linda nas Penhas Douradas que a Burel continua a conquistar os portugueses e o mundo. Como um tempos escrevi numa das minhas crónicas da Vogue online, ‘Quando se olha Portugal de longe, tudo parece mais simples. É urgente abraçar a criatividade e ter a capacidade de implementar sonhos, numa vida que será sempre curta demais.E quando observo tudo o que transpira o projeto da Casa das Penhas Douradas no alto da Serra da Estrela não tenho dúvidas: estamos perante duas vidas que jamais serão inúteis’.

Assim se moviam a Isabel e o João no dia de abertura. Com aquele sorriso enorme e muito próprio dos que vivem a fazerem bem ao ‘todo’, com uma causa tão nobre como os valores do ponto mais alto de Portugal continental.  A Burel nasceu para valorizar os saberes da serra e para valorizar os habitantes de Manteigas, que tinham vindo a perder o emprego devido ao encerramento das fábricas de lanifícios da região. O património único que em tempos se limitava apenas às capas dos pastores, transforma-se da serra para o mundo, já que a Isabel não perde nunca a presença da Burel na feira Tokyo Lifestyle, uma das mais importantes feiras de design do mundo. O sucesso tem sido tanto – até a Mónocle lhes dedicou um filme que poderam ver neste e neste  site – que surgiu a marca Mantecas. Mantas portuguesas que com a luz da Isabel e do João nasceram, assim como a Burel e a PDF Food para aquecer o mundo.

Loja da Burel
Rua Serpa Pinto, 15 B
Tel. 21 245 69 10
Seg a Sáb 10h30 às 19h30
www.burelfactory.com
www.mantecas.pt